Em Caucaia, Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias comemoram avanços para a categoria

320

Nesta sexta-feira (04/10) é comemorado o Dia Nacional do Agente Comunitário de Saúde (ACS) e do Agente de Controle de Endemias (ACE) e a prefeitura de Caucaia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), comemora a data com ambas as profissões, devido os grandes avanços conquistados para as categorias ao longo da atual gestão municipal.

Os 456 ACSs que atuam em Caucaia foram beneficiados com o Plano de Cargos e Carreiras (PCC), além de receberem aumento salarial e novo fardamento e material de trabalho. “Os agentes representam a mais efetiva estratégia de consolidação da saúde primária desse país. São agentes de mudanças e no dia a dia fazem acontecer a melhoria na atenção a saúde da população”, afirma o secretário de saúde, Moacir Soares.

Oficialmente implantado pelo Ministério da Saúde em 1991, o então Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS) teve início no fim da década de 1980 como uma iniciativa de algumas áreas do Nordeste. Na época, a idéia visava buscar alternativas para melhorar as condições de saúde de suas comunidades. Era uma nova categoria de trabalhadores, formada pela e para a própria comunidade, atuando e fazendo parte da saúde prestada nas localidades.

“Infelizmente muitas pessoas não têm acesso aos cuidados básicos com a saúde. Em função disso, o trabalho realizado pelos agentes de saúde em diversas cidades do Brasil e principalmente em Caucaia, é essencial para contribuir com a prevenção de doenças e promoção da saúde por meio de ações educativas realizadas em domicílio ou junto à coletividade”, ressalta Moacir.

Os 176 Agentes de Controle de Endemias (ACE) que atuam em Caucaia também comemoram grandes avanços para a categoria. “Caucaia é o único município do Ceará que garante por lei, repasse aos ACEs do incentivo financeiro entregue anualmente pelo Ministério da Saúde ao final de cada ano. Chamamos até de 14º salário”, conta Francisco Pires, coordenador de Endemias de Caucaia. Em maio deste ano, a categoria teve aprovado o Plano de Cargos e Carreiras (PCC ), além do pagamento do piso salarial nacional, como preconiza o Ministério da Saúde. “O município já escalou o pagamento do piso aos ACEs até 2021, garantido por lei o reajuste anualmente”, conta Pires.

Os ACEs atuam no combate às arboviroses (dengue, Zika e Chikungunya), além do controle de Zoonoses. “São profissionais valentes que todos os dias se dedicam à causa da saúde pública, trabalhando junto e criando vínculos com as famílias, na busca de articular as ações de vigilância e controle de doenças de transmissão vetorial”, descreve.

Segundo Pires, a redução de cerca de 90% nos casos de arboviroses em 2019, se comparado ao surto que Caucaia sofreu em 2017, se deve ao trabalho dos Agentes de Controle de Endemias. “Com visitas domiciliares, eliminação de focos, trabalho árduo feito por eles de casa em casa, o que orgulha muito a gestão e claro, a população de Caucaia. São servidores que se dedicam à causa da saúde pública”, finaliza Pires.

“Temos um exército formado por pessoas que dão o melhor de si em prol da saúde dos nossos compatriotas. Nossos sinceros agradecimentos por puder contar com vocês nessa árdua batalha sanitária em prol de um sistema público de saúde digno e real para todos. Todos devemos reconhecer a dedicação de quem ajuda a manter a saúde dos que mais precisam”, finaliza Moacir.

Autor: Da redação com ascom/Foto: ascom