Documentação de Unidade de Conservação é entregue ao Imac

323

Na manhã desta segunda-feira (3/6) o presidente do Instituto do Meio Ambiente do Município de Caucaia (Imac), Hugo Pontes, recebeu da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) todo relatório do estudo de criação da primeira Unidade de Conservação Municipal de Proteção Integral de Monumento Natural (Mona) da Serra da Rajada.

O encontro aconteceu na sede do Imac. Conforme Hugo Pontes, após ser efetivado a Unidade de Conservação “a área estará melhor protegida e as compensações ambientais do município serão geridas pela própria cidade”, expõe.

Os estudos foram viabilizados pela Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas (Aquasis). Henrique Nascimento, gestor ambiental da Sema, destaca a documentação de todo o levantamento da fauna e flora. “Foi realizado a contabilização das espécies de fauna e flora, além de audiência pública na comunidade até chegar ao relatório final consolidando a criação da Unidade de Conservação na Serra da Rajada”, explica.

Para a gerente do Núcleo de Educação Ambiental do Imac, Márcia Ximenes, toda documentação é uma grande conquista para o município. “Depois de um trabalho incansável iniciado há dois anos agora se concretiza este grande sonho para o meio ambiente de Caucaia”.

O Decreto objetiva proteger e preservar a biodiversidade e o sítio natural raro, singular e de extraordinária beleza cênica que configura a Serra da Rajada. Ao todo são 373,85 hectares com um perímetro de 15.146,53 metros do Monumento Natural da Serra da Rajada.

Agora será regularizado via cadastro nos sistemas das unidades de conservação estadual e também federal. O próximo passo para finalizar o processo de criação será a assinatura do decreto e criação da comissão gestora da unidade.

Autor: Da redação com ascom/foto: ascom