Deputada Cida Ramos comemora decisão que libera o trabalho de ambulantes na Festa das Neves

523

A deputada estadual Cida Ramos (PSB/PB) comemorou a decisão do Juiz Antônio Carneiro que deferiu o pedido de liminar a fim de permitir a imediata participação dos ambulantes na Festa das Neves 2019. No último dia 09 de julho, a Prefeitura Municipal de João Pessoa decidiu barrar a inscrição de diversos trabalhadores em sorteio que definiria os espaços para comercialização.

Para a parlamentar, a decisão do juiz possibilita a retomada das atividades profissionais de muitas famílias que obtêm renda a partir dessa festividade. “Através do empenho da assessoria jurídica do nosso mandato, a Associação dos Ambulantes e Trabalhadores em Geral da Paraíba recebeu a decisão assertiva do Juiz da 4ª Vara da Fazenda Pública de João Pessoa. A Festa das Neves é patrimônio do nosso estado e possibilita o desenvolvimento econômico de muitas famílias. A solução deste caso reflete em nosso compromisso diário com as trabalhadoras e trabalhadores da Paraíba”, elucidou.

A presidente da Associação dos Ambulantes, Márcia Medeiros, agradeceu o empenho de diversos parceiros. “O que a gente quer mesmo é trabalhar, por isto estamos comemorando essa liminar, que traz de volta para dentro da Festa das Neves os ambulantes que a prefeitura tentou excluir a todo custo. Essas pessoas fazem essa festividade há mais de 20 anos; são pais e mães de família, que sobrevivem do trabalho informal. O apoio de Cida e de outros parceiros foi fundamental para essa conquista”, pontuou.

Nos anos anteriores, a PMJP disponibilizava 350 vagas para ambulantes inscritos e cadastrados para trabalharem na Festa das Neves, que existe a muitos anos em comemoração ao aniversário de João Pessoa. Entretanto, este ano a prefeitura diminuiu para 200 vagas. Os ambulantes afirmaram que a administração municipal não alegou nenhuma justificativa para a diminuição do número de ambulantes e, conseqüentemente, a sua retirada da Festa das Neves.

Autor: Da redação com ascom/Foto: ascom