Depois de três dias fogo em vegetação é controlado no Distrito do Alencar em Iguatu

80

Com o mato seco, o fogo dissemina rapidamente.

Com as altas temperaturas que começam neste mês e segue até dezembro, aumenta a preocupação do Corpo de Bombeiros com os incêndios. A vegetação seca e os ventos fortes do período também contribuem para as ocorrências. Historicamente, os meses de outubro, novembro e dezembro são responsáveis por mais de 80% dos focos ativos anuais no Ceará.

Desde o domingo (1º/10) um incêndio de grandes proporções vem atingindo a vegetação próximo o posto de saúde  no Distrito do Alencar a 28 km de Iguatu.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para controlar o incêndio de grandes proporções em uma vegetação, devido às condições climáticas, as chamas se espalharam rapidamente. A equipe utilizou abanadores fez a contenção do incêndio, porém o fogo  se alastrava pela vegetação. E na manhã desta terça feira (3/10), o fogo foi controlado com ajuda de moradores e funcionários da mineradora  Magna Excita  Os bombeiros continuam no local para que o fogo. Ainda não se sabe o que teria provocado o incêndio.

Alerta a população

O Corpo de Bombeiros de Iguatu alerta a população local para os riscos provocados pelos incêndios que estão se tornando cada vez mais frequentes na região.

De acordo com o comandante Nijair Araújo, os incêndios são provocados para queimar lixo ou desmatar terrenos. Entretanto, nessa época do ano, quando os ventos estão mais fortes, o fogo se expande com maior rapidez, o que pode ocasionar uma tragédia.

Grupamento de Bombeiros

O 4º Grupamento de Bombeiros, na cidade de Iguatu, na região Centro-Sul do Ceará, também enfrenta limitações de outras unidades da corporação no Interior. Atender uma área abrangente de 21 municípios.

Autor/Foto: Rogério Ribeiro/Foto: Iguatu BMB