Creas de Caucaia atende a 300 famílias em situação de violação de direitos

89

A Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social (SDS), através do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas), faz acompanhamento psicossocial de 300 famílias de Caucaia com indivíduos em situação de alguma violação de direitos. Os casos são de exploração e abuso sexual, e violência contra a pessoa idosa, mulheres, LGBTs e pessoas com deficiência.

Conforme a coordenadora da Proteção Social Especial, Izabel Abreu, “as denúncias de violação de direitos devem ser realizadas, no entanto, nos órgãos de responsabilização e punição e apuração, como as delegacias, pelo Disque 100 ou nas sedes do Conselho Tutelar.”

Após a constatação do fato pelos órgãos de responsabilização, o caso é encaminhado ao Creas e ao Conselho Tutelar para acompanhamento. “Quando o caso chega por meio de ofício aos Creas, a família é convidada a participar de acompanhamento psicossocial com atendimentos individuais e familiares”, detalha Izabel Abreu.

O conselheiro tutelar Natanael Azevedo ressalta a importância da divulgação dos canais de denúncia contra os abusos. “É importante dizer que a denúncia é anônima. O nome de quem denuncia não é divulgado de forma alguma para preservar a integridade física e psicológica dessa pessoa, e para que os órgãos de segurança tomem as providências necessárias”, explica.

SERVIÇO
CANAIS PARA DENUNCIAR VIOLAÇÕES DE DIREITOS

DISQUE 100
QUANDO: 24 horas

CONSELHO TUTELAR SEDE
ONDE: rua Jerônimo Amaral, 36, Centro
TELEFONE: 3342.8123

CONSELHO TUTELAR JUREMA
ONDE: rua Nova Granada, 1094, Marechal Rondon, Jurema
TELEFONE: 3471.2590

CREAS SEDE
ONDE: avenida Edson da Mota Correa, nº 245, Centro.

CREAS JUREMA
ONDE: rua Jurupari, nº 668, Guadalajara.

Autor; Da redação com ascom/Foto: ascom