Comitê traça estratégias para combater mosquito da dengue

256

O Comitê de Combate às Arboviroses da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) reuniu seus integrantes nesta quinta-feira (3/10) para traçar estratégias de trabalho contra a dengue, zika e febre chikungunya. O quarto Levantamento de Índice Rápido de Infestação pelo Aedes aegypti (Liraa) será realizado na primeira semana de novembro em 40 bairros da Grande Jurema, Sede e Praia.

“A infestação tem diminuído. Acreditamos terminar 2019 de forma bem confortável”, declarou o coordenador de Endemias de Caucaia, Francisco Pires Sousa. O Liraa é um mapeamento rápido dos locais de maior concentração de focos do mosquito, “possibilitando a tomada de decisões rápidas e estratégicas para debelar estes focos.”

Durante o quarto ciclo de visita, entre realizado entre os dias 2 de julho e 31 de agosto, 133 mil imóveis foram visitados em Caucaia, registrando uma cobertura de 86% incluindo áreas urbanas e rurais. A cobertura preconizada pelo Ministério da Saúde é de 80%.

No quinto ciclo de visita, que iniciou em 1º de setembro e termina em 31 de outubro, 71 mil imóveis já foi visitado, o que corresponde a 46% de cobertura. “Estamos caminhando no ritmo certo. Mas há uma preocupação com dois feriados no mês de outubro, o que diminui a quantidade de dias úteis de trabalho e pessoas em casa”, comenta Pires.

Ele conta que o registro de imóveis com focos de dengue tem diminuído consideravelmente. “Antes, eram cerca de 520 focos por mês. Caímos para cerca de 120 por mês”, diz. “A infestação vetorial reduziu de alto para baixo risco em 2019 e isto é um avanço de um trabalho em conjunto dos nossos agentes de endemias com a população”, ressalta.

“Vamos entrar no período de chuvas mais intensas a partir de dezembro, que é quando muita gente armazena água em casa. Por isso, fazemos trabalhos de orientação para esse armazenamento ser feito de forma adequada”, acrescenta Pires.

CASOS
Este ano, Caucaia registrou 240 casos de dengue, 10 de zika e 67 de chikungunya. Em 2018, as ocorrências foram: 288, 12 e 250, respectivamente.

Autor: Da redação com ascom/Foto: ascom