Começa dia 18 o recrutamento para o programa de voluntariado da SEMA

236

Podem participar do Agente Voluntário Ambiental (AVA), todo cidadão, com idade a partir de 18 anos e interessado no desenvolvimento de atividades de manejo, gestão e proteção, nas unidades de conservação do Estado; estão sendo oferecidas 20 vagas.

Vai começar o recrutamento de interessados no Programa Agente Voluntário Ambiental (AVA) para o período 2019 – 2020. O AVA é uma iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente (SEMA), promove e incentiva o trabalho voluntário nas unidades de conservação (UCs) estaduais. Este ano, o programa disponibilizará 20 vagas para dez UCs e as fichas de inscrições estarão disponíveis no portal da SEMA (www.sema.ce.gov.br) a partir do dia 18 de fevereiro.

Para a gestora ambiental, Andrea Moreira, da Célula da Diversidade Biológica (Cedib), da Coordenadoria de Biodiversidade (Cobio), da SEMA, a “2a edição do programa renova” com o aumento do número de vagas e de UCs. “Este ano dobrou, possibilitando maior participação da sociedade em atividades voltadas para a proteção da natureza e relacionadas com a gestão das UCs, numa troca de experiência e aprendizado, motivação e encantamento”, destaca. A seleção será realizada por análise curricular e entrevista.

Pelas diretrizes do AVA, pode participar do programa, todo cidadão com idade a partir de 18 anos e interessado no desenvolvimento de atividades de manejo, gestão e proteção, nas unidades de conservação do Estado. Ao voluntário caberá ter ciência de seu papel e estar disposto a receber as orientações condizentes à atividade escolhida, atuando de maneira integrada à gestão da área protegida. “É um caminho para a troca de conhecimento e o envolvimento da sociedade, na percepção dos aspectos relacionados à conservação do patrimônio natural e ao desenvolvimento sustentável.”

Cidadania

Para Charles Moreira Oliveira Bezerra, ser voluntário do programa AVA é uma “oportunidade única” de poder fomentar o exercício de cidadania. “Mas também, lutar por um ambiente mais sustentável, onde as pessoas possam vivenciar e participar de ações efetivas na preservação do meio ambiente, como também na qualidade de vida e na educação de todos por um mundo mais equilibrado ecologicamente”, declara.

O voluntário poderá realizar tarefas do tipo: prestar informações; desenvolver projetos de educação ambiental e pesquisa; manutenção de trilhas e instalações; apoio às populações do entorno; trabalhos administrativos; brigadas de incêndio; buscas e resgates; recuperação de áreas degradadas e manejo de espécies exóticas”, entre outras. Para mais informações, entrar em contato com a CEDIB, via os e-mails cedib@sema.ce.gov.br; ava@sema.ce.gov.br ou pelo telefone 31015530.

Autor: Da redação com ascom/Foto: ascom