Ciganos de Caucaia se articulam para criação de entidade

602

Na tarde desta quarta-feira (18/10), ciganos da etnia Calón de Catuana em Caucaia, se reuniram com o intuito de criar Associação de preservação da cultura Cigana de Caucaia.

Criar mecanismos para capacitar os ciganos Calóns, descendentes e simpatizantes, para o desenvolvimento de projetos auto-sustentáveis econômica e culturalmente, através de parcerias que visem à garantia dos direitos constitucionais dos Povos de etnia Cigana, são desafios dos ciganos e uma meta quando registrada da Associação de preservação da cultura Cigana  de Caucaia/Ce.

Para o Calón, Tenório os ciganos precisam que se organizar, “Precisamos garantir nossos direitos e resgatar nossas culturas, com a criação da entidade vamos poder mostrar nossas atividades” disse Tenório

De acordo com um dos idealizadores da entidade o Cigano Rogério Ribeiro, a entidade vem forte, na medida em que o grupo dispõe de Ciganos guerreiros e comprometidos com o resgate das tradições Ciganas no estado do Ceará através, da música, dança, artesanato, comidas típicas, além de suas alegres festas. “O povo cigano é um povo honesto, muito alegre e que vive procurando manter sua dignidade e honradez, não sendo procedente a reputação de ladrões que lhes é imputada” desabafou.

A SDA tem se empenhado para oferecer todo o suporte técnico para o grupo e incentiva que este importante passo seja dado. Para isto, algumas reuniões vêm acontecendo, de acordo com o técnico da SDA, Castro Júnior, sobre a criação da associação, auxiliará o processo de organicidade e visibilidade, fortalecendo e garantindo acesso a investimentos no campo da agricultura familiar, bem como acesso a outras políticas públicas, abrindo novos horizontes para os Calóns. “Vocês precisa dizer quem são e onde estão, mostrando de forma organizada e sistemática ao governo que vocês existe e são organizados” declarou Castro na reunião.

A Cigana Maria Janiele tem ótimas perspectivas com relação a criação da associação, ela acredita que esta incentivará na inserção de projetos de produção e renda pra comunidade cigana. “Nós já produzimos materiais em gesso pra vender e essa organização possibilitará ampliação da nossa renda familiar” explicou Janiele.

 Objetivos e finalidades da entidade

Entre vários objetivos e finalidades da entidade alguns de destaques: Zelar pelos interesses coletivos, morais, culturais, sobretudo para a formação, ampliação e difusão da cultura Cigana em todo Estado de Roraima; Defender a democracia, a independência e o respeito à liberdade sem distinção de raça, cor, sexo, nacionalidade, convicção política ou religiosa; Coletar, registrar sistematizar e divulgar informações sobre a evolução das características, culturais, sociais, histórias e tradições do povo de etnia Cigana; Constituir e manter em locais distintos de sua sede, centros de referência culturais e cursos de formação e orientação, bem como projetos de atendimento a entidades identificadas com os objetivos da entidade e Promover a abertura do Museu Cigano, que contará com sala de projeção para documentários e filmes com temas Ciganos, artesanatos, utensílios, telas, fotos e outras atividades.

Veja o edital

 

Autor/Fotos: Rogério Ribeiro