Chuva: Defesa Civil de Caucaia estuda implantação de monitoramento pluviométrico pioneiro no País

178

Caucaia caminha para implementar algo inédito no que tange o monitoramento dos índices pluviométricos no município. Nesta quinta-feira (8/2), técnicos da Defesa Civil de Caucaia e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), ligado à (Uece), visitaram pontos que podem receber os equipamentos para o monitoramento pluviométrico digital no município. A expectativa é de que com os novos aparelhos se promova mais agilidade nas análises dos dados e se evitem possíveis sinistros.

Foram visitados os pluviômetros instalados nos bairros Arianópolis e Picuí. Os aparelhos são do tipo semi-automático e automático, respectivamente, e foram escolhidos nessas localidades por serem considerados pontos estratégicos.

“Hoje apresentamos as especificidades desses aparelhos. Como eles se comportam de forma diferente um do outro, será analisado qual dos dois melhor atende às necessidades da iniciativa que queremos implantar por aqui. A fase agora é de estudos”, explica o coordenador da Defesa Civil, Airton da Silva.

O coordenador se mostra animado com a iniciativa, não apenas pelas benfeitorias que irá trazer para Caucaia, mas também pelas melhorias na rotina de trabalho. “Atualmente, a Defesa Civil apenas acompanha os dados pluviométricos. Com a implementação dos novos equipamentos, o objetivo é criar um monitoramento próprio, que vai trazer mais agilidade e controle para atuar no município. Dessa forma, o acesso às informações será de forma instantânea, permitindo que o órgão possa se antecipar e agir para remediar problemas”, diz.

Autor do projeto em andamento no município, o representante do Inpe, José Ronildo Franceschini, explica que será criado um monitoramento digital de alarmes para a Defesa Civil envolvendo a rede VoIP, que trabalha com o uso das redes de dados utilizando protocolos IP para a transmissão de sinais de Voz em tempo real. “O objetivo é transformar os pluviômetros analógicos que já existem no município em equipamentos digitais”, explica.

A expectativa é de que com a implantação do medidor digital, o acesso às informações seja conferido de forma remota e instantânea. Assim, caso ocorra alguma anomalia, será realizada uma chamada telefônica para “pessoas-chave”, que serão incumbidas de iniciar medidas para remediar maiores problemas.

Autor: Da redação com Ascom/Foto: Divulgação