Chefe de Gabinete da Intervenção Federal no RJ, general Sinott deixa o cargo.

101

Sinott era o braço direito do general Braga Netto. Chefe do Estado-Maior do Comando Militar do Leste assume o posto.

O general Mauro Sinott Lopes, chefe de Gabinete da Intervenção Federal, deixou o cargo. A informação foi confirmada pela TV Globo na manhã desta quinta-feira (14/06).

Sinott era o braço direito do interventor, general Walter Souza Braga Netto.

“A saída iria acontecer em março, pois o general Sinott foi nomeado para um comando no Rio Grande do Sul. Ficou até o plano ser formatado, a pedido do general Braga Netto. Estava tudo já previsto”, explicou o coronel Carlos Cinelli, porta-voz do Comando MIlitar do Leste.

Quem o substitui é o general Paulo Roberto de Oliveira, atual Chefe do Estado-Maior do Comando Militar do Leste.

A troca de comando foi publicada na edição desta quinta-feira do jornal “O Dia”.

Sinott fora anunciado no cargo por Braga Netto em 27 de fevereiro, ao lado do secretário de Segurança, general Richard Nunes.

A cúpula da intervenção até então: os militares Sinott, Braga Netto e Richard Nunes (Foto: Silvia Izquierdo/AP)

Na ocasião, afirmou: “Precisamos que os órgãos de segurança pública entendam essa intervenção como uma janela de oportunidade para trabalhar justamente os gargalos que eles têm dificuldade de superar.”

Autor: Da redação com G1 Rio/Foto: Silvia Izquierdo/ Divulgação/Intervenção Federal/Twitter