Centec promove encontro entre ciência e literatura na Bienal do Livro do Ceará

324

Explorar as conexões entre a ciência e a literatura é a proposta do Instituto Centec para a XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará, que acontecerá dos dias de 16 a 25 de agosto, no Centro de Eventos do Ceará. Para isso, a instituição levará palestras, oficinas e exposições para o Espaço Luz do Conhecimento, que é coordenado pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado (Secitece).

O doutor em Desenvolvimento e Meio Ambiente, Mavignier França, ministrará uma palestra sobre “O semiárido em Euclides da Cunha”. Segundo ele, este grande clássico da literatura brasileira traz uma abordagem atual sobre convivência com a seca. “Naquela época, o semiárido nordestino era uma região desconhecida e este livro foi crucial para estimular novas pesquisas, além de nos apresentar uma proposta de desenvolvimento para o semiárido que vale a pena ser revista”, defende. Ele fala sobre a sua inspiração para apresentar este tema na Bienal do Livro: (Audio: Centec-Mavignier-Bienal.mp3).

O mestre e doutor em Zootecnia, Odério Lima, fará um diálogo criativo sobre apicultura por meio de versos e trovas. Ficou curioso? Confere só o convite do professor: https://youtu.be/XajwBYHJK6s.

A coordenadora da Incubadora do Centec (Intece) Sueli Vasconcelos, fará uma palestra com o tema “Geração Z: a nova era do empreendedorismo”. Os três palestrantes fazem parte do quadro de colaboradores do Centec. Quem participar das palestras e oficinas do Instituto Centec poderão levar para casa mudas de plantas medicinas do projeto “Farmácia Viva”.

Oficinas e exposições

Os Centros Vocacionais Tecnológicos (CVT) do Centec em Maranguape, Fortaleza e Quixeré levarão diversos experimentos científicos capazes de atrair o interesse de diversos públicos. Um dos maiores sucessos em todos os eventos é o gerador de Van Der Graff, uma máquina eletrostática que, com o atrito nas correias, a esfera torna-se eletricamente carregada e, ao toque, deixa, literalmente, “os cabelos em pé”. Este equipamento foi indispensável para condução de estudos sobre átomos e pesquisas nucleares.

Em parceria com a Rede de Incubadoras de Empresas do Estado do Ceará (RIC), o Centec promoverá, em todos os dias da Bienal, uma mostra de produtos inovadores com a participação de empreendimentos que fazem parte de diversas incubadoras do Estado. Nos dias 19 e 20 de agosto, o CVT Quixeré realizará oficinas de contação de estórias, com Luci Oliveira; de Cordel, com Adriano Deodato; e de desenho e pintura para crianças, com Ana Paula Barreto.

Nos dias 20 e 21, as professoras do CVT Fortaleza, Rita Rolim e Alcione Almeida, levarão à bienal experimentos científicos inusitados: “Mão do adeus”, “Bolo químico”, “Lentilhas dançantes” e “Água nas plantas”.  Toda a programação do Centec na Bienal é gratuita e não é necessário realizar inscrições prévias.
Sobre a Bienal
A XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará terá como tema “As cidades e os livros”. É uma iniciativa do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), em parceria com o Instituto Dragão do Mar e apoio do Ministério da Cidadania, através da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura.
SERVIÇO
Centec na XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará
De 16 a 25 de agosto, de 10h às 22h
Centro de Eventos do Ceará – Espaço Luz do Conhecimento
Mais informações: centec@centec.org.br

PROGRAMAÇÃO DO CENTEC NA BIENAL

PALESTRAS

22 de agosto
– 10h Palestra “O semiárido em Euclides da Cunha”, com Mavignier França

23 de agosto
– 10h Palestra “Apicultura em versos e trovas”, com prof. Odério Lima
– 15h Palestra “Empreendedorismo da geração A a Z”, com Sueli Vasconcelos

EXPOSIÇÕES E OFICINAS

17 a 25 de agosto
– Mostra de produtos inovadores da RIC
– Gerador Van Der Graff
– Laboratórios de ciências (biologia e química)
– Projetos “Costurando Sonhos”, “Qualifica Maranguape” e “Centro de Línguas”

19 e 20 de agosto
– Contação de estórias
– Oficina de Cordel
– Oficina de desenho e pintura para crianças

Dias 20 e 21 de agosto
– Experimentos: mão do adeus, bolo químico, lentilhas dançantes e água nas plantas.

 

Autor: Da redação com ascom/Foto: ascom