Caucaia reduz em mais de 50% índice de infestação do mosquito

45

O último Levantamento de Índice Rápido (Lira) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) apresenta resultado positivo no que diz respeito ao percentual de infestação do Aedes aegypti em Caucaia. O mosquito é transmissor das chamadas arboviroses (dengue, zika e febre chikungunya).

Caucaia registrou índice de infestação de 2.2%. Esse dado sinaliza redução de mais de 50% da infestação em zona urbana. Segundo classificação do Ministério da Saúde, a atual situação indica médio risco. Na pesquisa anterior, feita em abril, o índice chegou a 4.9%, o que representava situação de alto risco.

Entre os dias 27 e 31 de agosto, foram inspecionados 5.519 imóveis em 40 bairros. Tanques e tambores são os maiores responsáveis pela proliferação do inseto. Eles são 68,1% do total de criadouros. Depósitos fixos como calhas e lajes são 10,1%.

Para o coordenador do Núcleo de Controle de Endemias e Zoonoses da SMS, Francisco Pires, os estratos refletiram um cenário bastante positivo no controle vetorial, mas as equipes do órgão seguem vigilantes. “As ações continuarão sendo intensificadas, considerando a manutenção dos níveis de infestação para dificultar a circulação das arboviroses”, informa.

Autor: Da redação com Ascom/Foto: divulgação