Caucaia realiza a primeira oficina para Implementação da coleta seletiva de resíduos sólidos

141

A questão da produção do lixo hoje é uma realidade existente e uma situação pela qual passa toda a sociedade.

O Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Ceará e em parceria com a Prefeitura Municipal de Caucaia, realizaram a primeira oficina no município nesta terça-feira (6), no auditório do Cras-centro.

A oficina foi conduzida pelo coordenador Rubens Negrini, que fez explanação de estudos feitos pela empresa, e ressaltou que o trabalho da I&T, tem por objetivo definir o Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PGIRS) ajudando os municípios a criarem soluções, para a retirada de materiais dos lixões.

Vereador Evandro Maracujá (PR)

O vereador Evandro Maracujá (PR), participou da oficina, “Temos que pensar em uma nova cultura de coleta de resíduos. Além de ações de conscientização da população, a fim de que as pessoas passem a fazer a separação do lixo das residências” destacou o parlamentar.

Durante o encontro, a presidente da Associação dos Agentes Ambientais da Jurema, dona Maria Marilene e a presidente da Sociedade Comunitária de Reciclagem de lixo de Pirambú, dona Francinete Cabral, participaram ativamente e falaram sobre os principais problemas. “Para avançar, cada um tem de fazer sua parte: governos, sociedade e catadores. Este é o grande desafio para a questão do lixo” disse dona Marilene.

Francinete Cabral e Maria Marilene

Oficinas

Estão previstas oficinas de diagnóstico e coleta de dados em campo em cada um dos 81 municípios, reuniões para capacitação de catadores em diversos municípios, além de três rodadas de reuniões regionais para conhecimento do projeto, planejamento das ações e consolidação dos Planos Regionalizados.  O projeto será desenvolvido entre os meses de maio e dezembro deste ano.

Uma solução

Uma solução apresentada pela empresa é a política pré-aterro, que evita descartar resíduos em aterros ou lixões, de forma a reciclar os resíduos e impulsionar o trabalho de catadores, associações e cooperativas.

Política Nacional de Resíduos Sólidos

A Política Nacional dos Resíduos Sólidos, instituída pela lei federal N°12.305, de 2010, proíbe a criação de lixões e determina que todas as prefeituras construam aterros sanitários ambientalmente sustentáveis.

A norma previu a elaboração do Plano Nacional de Resíduos Sólidos,  que contempla as alternativas de gestão e gerenciamento, planos de metas, programas, projetos e ações do diversos tipos de resíduos gerados.

Autor/Fotos: Rogério Ribeiro