Caucaia faz história e empossa 736 conselheiros locais de Saúde

179

Uma ação inédita no País aconteceu nesta sexta-feira (15/6): a posse de conselheiros locais de saúde em cada um dos territórios de saúde do município. Caucaia é a primeira cidade de grande porte a criar e empossar Conselhos Locais de Saúde em todos os territórios do município. Por aqui, são 46. A solenidade de posse contou com a presença do prefeito Naumi Amorim, da vice-prefeita Lívia Arruda, do deputado federal Domingos Neto, de promotores de justiça, de parlamentares municipais e representantes de instituições/entidades de saúde.

Cada unidade é composta por 12 representantes titulares e seus respectivos suplentes. Ao todo, são 736 membros para o biênio 2018 – 2020.

Conforme o prefeito Naumi Amorim, os esforços e dedicação de todos os conselheiros vão colocar a saúde do município num patamar de muita qualidade. “O Conselho vai discutir e trazer os problemas para nós procurarmos resolver e fazer a saúde melhorar cada vez mais”, afirma.

Já a vice-prefeita do município, Lívia Arruda, considera que saúde se faz também com a parte humana junto da sensibilidade e dedicação de todos os profissionais. “Estas conquistas, dia após dia, faz fortalecer e acreditar que Caucaia está evoluindo e avançando”, reforça.

Para o diretor da Fiocruz no Ceará, Carlile Lavor, o município de Caucaia é um grande laboratório porque nele está sendo executado muita inovação na área da saúde. “É importante que todo este processo de aprendizado seja compartilhado em mais cidades. Aquilo que acontece aqui é necessário que estes exemplos sejam aproveitadas por outros municípios”, ressalta.

Segundo o deputado federal Domingos Neto, o momento é especial para todos os conselheiros. “Caucaia tem um prefeito que corajosamente decidiu como política pública priorizar a saúde”, celebra.

Os colegiados são divididos em seis distritos, formados por um percentual de 50% de usuários e representantes da comunidade local.  O restante está dividido entre 25% de profissionais da saúde que atuam naquele território e 25% de prestadores de serviços e gestores. “Os encontros foram abertos à população com o intuito de sensibilizar e formação dos conselhos”, frisa o secretário municipal Moacir Soares.

Marlucia Ramos, presidente do Conselho Municipal de Saúde, acredita que o processo de escolha dos conselheiros foi bem conduzida e espera dedicação de todos os membros. “Que todos os conselheiros possam cumprir com sua função para realmente contribuir para evolução da saúde pública do município”, reforça.

Entre as atribuições dos CLS estão a colaboração na avaliação dos serviços, a definição das prioridades e o planejamento para cada equipamento. De acordo com Naumi, o objetivo da gestão é fortalecer a Atenção Primária com a participação mais ativa da sociedade nas tomadas de decisões.
Autor: Da redação com Ascom/Foto: Ascom