Candidata diz ter sido eliminada do Enem 2017 por ter moedas no bolso; Inep nega.

125

Estudante afirma que foi pega em detector de metal. Inep diz que ela portava lapiseira, o que é proibido pelo edital.

A estudante Mayane Cecília, de 16 anos, diz ter sido eliminada do Enem neste domingo (12) por ter duas moedas no bolso. A moradora de Fortaleza afirma que pediu para ir ao banheiro, quando o detector de metais acionou.

“Na hora que passei na porta para sair, o detector de metais pegou as moedas”, lembra. “Não estou acreditando que fui eliminada por causa de duas moedas. Meu Deus do céu. Muita frustração para uma pessoa só. Passei ano estudando para ser elimanda por causa de duas moedas”, lamenta.

A estudante diz também que tentou argumentar com os fiscais para evitar a eliminação e chegou a passar mal, mas foi convencida e se retirou do local de prova.

Em nota, o Inep informou que a candidata foi eliminada do exame por estar portando lapiseira.

“Segundo relato da coordenadora, ao verificar que a participante estava portando lapiseira, solicitou que a mesma a acompanhasse à coordenação. Chegando lá, perguntou se ela havia sido avisada, antes do início das provas, que não poderia portar tal material, a participante afirmou que sim e que havia retirado essa lapiseira de sua própria bolsa”, diz a nota.

Ainda segundo o Inep, a coordenadora informou que a participante seria eliminada e questionou se ela havia lido o edital. “A candidata disse que leu apenas por alto, pois fazia a prova por experiência”, continua a nota.

“Ao preencher o termo de eliminação, foi marcado o item 19”, que proíbe a utilização de lapiseira, entre outros materiais. “A coordenadora solicitou que a participante verificasse as informações marcadas no termo de eliminação e que, verificando que estava tudo correto, assinasse o mesmo, o que foi feito”, conclui o Inep.

A candidata confirma que assinou o documento, mas diz que não leu o conteúdo do termo de eliminação porque estava passando mal. Ela afirma, ainda, que não portava lapiseira, apenas um lápis comum.

Autor: Da redação com Gioras Xerez, G1 CE/Foto: Gioras Xerez/G1