Árvore histórica está morrendo na Praia do Mucuripe em Fortaleza

95

“Um absurdo na orla da Praia do Mucuripe em Fortaleza. As plantas estão morrendo por falta de água, tudo seco”

Não deixem morrer o Pau Brasil!: Na Praia do Mucuripe, quem passa pela orla, percebe que parte das plantas do local está seca e sem vida. Visivelmente sem água, as gramas e plantas, que ficam nos canteiros da praia do Mucuripe, estão morrendo e chamando a atenção de quem passa pelo local.

 Na bronca

De acordo com o Tenente da Marinha, Francisco do Horizonte, a vegetação da Orla da praia do Mucuripe está morrendo. “Além da tristeza por ter perdido a beleza do paisagismo das plantas, as árvores estão secas e não devem durar nem até o fim do ano. É terrível ver essa situação” lamentou.

A estudante Patrícia Gonçalves Vieira disparou “Planta se molha, animal se cuida, praça se preserva e lugar de lixo é no lixo. Agora só querem usar e nada se faz. Tende a se acabar mesmo” desabafou.

O professor  Douglas Pinheiro que todas as tardes faz caminhada na orla, “Principalmente nessa época do ano, onde o tempo é mais seco, deveria ser cuidado mais” diz

Não deixem morrer o Pau Brasil!

Uma árvore, um país. É por causa desta espécie que somos chamados de brasileiros. O pau-brasil é a única planta que batizou uma nação. Agora, ela nos surpreende mais uma vez. segundo pesquisas científicas, a madeira vermelha que fez história também pode guardar substâncias poderosas contra o câncer. Tão simbólica e tão ameaçada, por pouco não desapareceu de nossas florestas. Está na lista das mais ameaçadas de extinção.

Cura

Popularmente se diz que o pau-brasil é um bom adstringente e cicatrizante. Algumas pessoas do mato usam o chá da entrecasca para curar asma.

Talvez com esta esperança de cura as pessoas comecem realmente a plantar o pau-brasil e a dar o seu devido merecimento que até agora muitos não conseguiram que a planta tivesse.

É preciso que as autoridades gestoras da cidade andem pela cidade e cuidem dela com carinho.

Apelo

Fica aqui o apelo para o Secretário de Meio Ambiente que salve as plantas da cidade e das praças que estão abandonadas morrendo de sede.

O que dizer de uma cidade que não cuida das suas plantas?

Fica a reflexão!!!

Autor/Fotos: Rogério Ribeiro