Articulação do Semiárido Brasileiro Visita Tecnologias Sociais e Capacitações na Zona Rural de Iguatu

41

A Assessora e Jornalista da ASA (Articulação do Semiárido Brasileiro), Juliana Lins Lira, esteve visitando as tecnologias sociais do Programa P1+2 executadas pelo Instituto Elo amigo nas Comunidades do Sítio Junco, Várzea de Fora e Carnaúba.

Juliana relata que a visita é uma das formas de garantir que as famílias estão recebendo de forma correta as tecnologias, além de conhecer e acompanhar de perto o trabalho realizado em campo. “Para nós, é importante, além de acompanhar a execução do projeto em si, ver o que os agricultores e agricultoras estão experimentando e construindo no semiárido. A minha avaliação é boa, pois quando a tecnologia funciona é sinal de uma boa estrutura”, frisa Juliana.

Além disso, nesta quarta (10/10) houve a última capacitação em GAPA (Gestão de Água para Produção de Alimentos) na comunidade de Carnaúbas, das famílias beneficiadas. A Agricultora Luciene Adeodato de Sousa recebeu a Cisterna de Enxurrada e pretende aumentar sua produção de aves. “As Capacitações são importantes, pois nos ajuda a melhorar o trabalho de plantações de hortas e a forma correta de irrigação sem desperdícios. Eu já tenho uma criação de galinhas e pretendo aumentar”, explica Dona Luciene.

Outro Agricultor é o Seu Francisco Manuel dos Santos, que também esteve na capacitação e pretende ampliar sua criação de suínos. “Além de conhecer pessoas novas, a gente sempre aprende um pouco mais. Eu tenho porcos e vou aumentar essa produção. A água da cisterna vai me ajudar a realizar a manutenção da pocilga”, relata Francisco.

O Coordenador de Projetos do Instituto Elo Amigo, Francisco Braz, explica que em Iguatu, já foram construídas 44 cisternas e 5 Barreiros-trincheira. “Nós estamos praticamente na metade das implementações na zona rural de Iguatu. Estamos avançando e pretendemos concluir o mais breve possível para que essas pessoas possam ter suas cisternas prontas para receber o inverno de 2019”, finaliza Braz.

Entenda

O Instituto Elo Amigo está executando o Projeto P1+2 nos municípios de Iguatu e Icó, e irá beneficiar 200 famílias agricultoras com a implementação de tecnologias para desenvolvimento de quintais produtivos e práticas agroecológicas. Ao todo, 200 tecnologias estão sendo construídas nas duas cidades. Cada município terá 51 cisternas-calçadão, 44 de enxurradas e 5 barreiros-trincheira. Um investimento de 2 milhões e 400 mil reais.

Autor: Da redação com Fagner Leandro /Foto: Ascom