Areninhas no Ceará: População da Capital receberá 16 novas areninhas

40

A população de mais bairros da capital cearense será beneficiada com novas areninhas. Nesta quinta-feira (12/04), no Mondubim, o governador Camilo Santana e o prefeito Roberto Cláudio anunciaram as localidades que vão receber os 16 novos equipamentos ainda em 2018. A medida cumpre mais uma etapa do programa Juntos por Fortaleza, desenvolvido em parceria entre o Governo do Ceará e a Prefeitura.

O evento ocorreu na localidade do Sítio do Córrego, que receberá uma das obras de areninhas distribuídas pela cidade e que teve Ordem de Serviço assinada, na ocasião. As outras 15 serão instaladas em Vila Velha, Antônio Bezerra, Bonsucesso, Itaoca, Parangaba, Serrinha, Mondubim (serão duas no bairro), Granja Portugal, Parque Dois Irmãos, Curió, Castelão, São Bento, Jardim das Oliveiras, Barroso e Coaçu. Com os novos equipamentos esportivos, Fortaleza vai passar a contar com 38 unidades.

O equipamento conta com gramado sintético, bancos de reserva, alambrados, rede de proteção, vestiários, depósito para materiais esportivos, iluminação, rampa de acesso para cadeirantes, paisagismo e pavimentação. O investimento para as 16 novas areninhas é de R$ 33,8 milhões.

Camilo Santana reforçou ser entusiasta e defensor da política das areninhas. O governador exaltou o sucesso da iniciativa em Fortaleza e a sua importância para garantir mais cidadania e qualidade de vida nas regiões de mais vulnerabilidade.

“Eu sou fã dessa política iniciada em Fortaleza. Já são 22 areninhas em funcionamento na Capital. Essa é uma das grandes políticas de prevenção, em relação ao problema da violência, dar oportunidade para os nossos jovens, além de criar toda uma dinâmica econômica no entorno das áreas. O resultado disso é uma política vencedora”, disse.

Areninhas no Ceará

O Governo do Ceará está beneficiando 49 localidades no Interior que possuem população acima de 50 mil habitantes com areninhas. O Estado investe cerca de R$ 100 milhões. Há, também, o projeto dos campinhos society para localidades menores, que irá contemplar os demais municípios cearenses que não recebam areninhas.

“Nós decidimos levar essa política para todo o Estado do Ceará. Já estão em obras areninhas em todas as cidades acima de 50 mil habitantes. Vamos começar a inaugurá-las na próxima semana. Até esse ano, todas estarão em funcionamento. E todas as demais cidades abaixo de 50 mil habitantes receberão miniareninhas”, complementou Camilo.

Os municípios cearenses contemplados com o Projeto Areninha são: Acaraú, Acopiara, Aquiraz, Aracati (Sede e Canoa Quebrada), Barbalha, Beberibe, Boa Viagem, Brejo Santo, Camocim, Canindé, Cascavel, Caucaia (duas Areninhas), Crateús, Crato (duas Areninhas), Eusébio, Granja, Guaraciaba do Norte, Horizonte, Icó, Iguatu, Ipu, Itaitinga, Itapajé, Itapipoca, Juazeiro do Norte (duas Areninhas), Limoeiro do Norte, Maracanaú (duas Areninhas), Maranguape, Mombaça, Morada Nova, Pacajus, Pacatuba, Paracuru, Quixadá, Quixeramobim, Russas, Santa Quitéria, São Benedito, São Gonçalo do Amarante, Sobral, Tauá, Tianguá, Trairi e Viçosa do Ceará.

Melhoria do espaço público

A construção de uma areninha reflete na urbanização do espaço público, fazendo com que a comunidade ocupe aquele local, gerando ganhos sociais, econômicos e esportivos. É o que garante o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio.

“Quando começaram as areninhas, a primeira ideia era fazer uma praça de esportes e lazer para a comunidade. Passamos a entender que ela também tem um papel social muito importante. Dar oportunidade aos jovens, valorizar o entorno da comunidade, gerar emprego e renda, mexer com a autoestima da comunidade. Hoje quem mantém esses equipamentos, não à toa, são os conselhos gestores das comunidades. Temos uma política que dá certo”, destacou. O prefeito aproveitou a ocasião para anunciar que, além dos equipamentos esportivos, serão reformadas 54 praças na cidade através do Juntos por Fortaleza.

Juventude no esporte

A dupla Pedro Kauan, 15, e Vinícius Matheus, 17, fortaleceu a amizade por meio do esporte. Moradores do bairro Barroso, eles jogam na mesma escolinha de futebol e veem com grande expectativa a ampliação das areninhas em Fortaleza.

“Eu gosto muito da estrutura das areninhas. São campos de qualidade, dá vontade de se aprimorar no futebol e continuar realizando partidas com nossas equipes. Muitos grupos de amigos se reúnem nelas para passar o tempo”, disse Pedro.

Para Vinícius, a política pública tem influência direta na mudança da comunidade. Para melhor. “O Governo e a Prefeitura precisam mesmo levar para frente esse projeto, porque só trouxe coisa boa. A gente gosta de esporte e quer mais espaços para aproveitar no bairro”, explicou.

Autor: Da redação com  André Victor Rodrigues /Foto: Carlos Gibaja e Marcos Studart