Apresentadas ações para impulsionar a produtividade da Justiça estadual

85

O presidente e o vice-presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargadores Gladyson Pontes e Washington Araújo, respectivamente, estiveram reunidos, nesta sexta-feira (29/06), com magistrados e gestores para discutir ações que visam impulsionar a produtividade do Judiciário cearense.

Entre as atividades que serão intensificadas, estão a realização de capacitações para magistrados, servidores, supervisores e colaboradores que atuam no 1º e no 2º Graus, nas quais abordarão conteúdos como tabelas processuais unificadas; sistemas utilizados pela Justiça estadual; indicadores e metas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ); e a utilidade de relatórios e ferramentas gerenciais.

Os esforços concentrados no 1º Grau visam os trabalhos desenvolvidos pelo Grupo de Congestionamento em unidades Judiciárias específicas. Outra iniciativa é o fortalecimento da Semana de Sentenças e Baixas, além da normatização dos parâmetros oficiais das estatísticas e da definição dos indicadores e metas prioritárias.

O desembargador Gladyson Pontes explicou que “é um planejamento de curto, médio e longo prazo. Vamos preparar todo esse estudo de forma sistematizada e elaborar um normativo que possa servir de base para que os magistrados atuem, melhorando a produtividade das unidades Judiciárias em todo o Estado”.

“A expectativa com a implantação e o perfeito funcionamento dessas ações, é que o Judiciário continue caminhando para o aperfeiçoamento da prestação jurisdicional mais célere”.

Presentes à reunião os juízes Cristiano Magalhães, titular da 1ª Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua; Flávio Vinicius Bastos, auxiliar da Corregedoria-Geral de Justiça; e os superintendentes da Área Judiciária, Nilsiton Aragão, e da Administrativa, Luís Eduardo de Menezes.

A apresentação do plano de ação foi realizada pelo secretário de Planejamento e Gestão (Seplag) do Tribunal, Sérgio Mendes. Compareceram ainda os secretários Denise Olsen (da Tecnologia da Informação), Ângela Araújo (Gestão de Pessoas) e Walter Lima (Judiciário), além da diretora da Corregedoria, Rafaella Lopes.

Autor: Da redação com Ascom/Foto: Ascom