Alunos de escola em Maracanaú assistem à palestra sobre violência contra a mulher

102

Estudantes da Escola Municipal José Assis de Oliveira, localizada no bairro Parque Jarí, em Maracanaú, tiveram oportunidade de assistir palestra sobre violência contra a mulher nesta quarta-feira (13/03). As informações foram repassadas aos alunos pela psicopedagoga Raieliza Lobo
e a psicóloga Inês Reis, do Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Fortaleza.

A ação faz parte da Oficina Jovens Unidos pelo Fim da Violência contra a Mulher que, ao final da palestra, realizou grafitagem com os jovens nos muros da escola. A mobilização integra a programação social da Semana da Justiça pela Paz em Casa, que acontece até a próxima sexta-feira (15/03).

“A maioria das pessoas de 14 a 17 anos sofrem com essas coisas, por vestir roupa curta. Eu achei muito importante o que ela falou que quando não tem marcas no corpo, ainda é violência. Muitos namorados proíbem as meninas e aí gera medo. Tem algumas mulheres que vão na delegacia, mas têm muitas que ficam caladas. A mulher não deve esconder nada, nem dos pais quando são menores, nem da polícia. Tem que denunciar”, disse a estudante Manuelle dos Santos.

O diretor da Instituição, Marcos Roque Cordeiro, ressaltou que percebe no cotidiano da escola que muitos adolescentes passam por problemas envolvendo a violência doméstica. “De maneira direta ou indireta, eles passam por esse tipo de violência, até mesmo em suas casas. Como atendemos desde a educação infantil até o ensino fundamental, nós nos preocupamos além do ensino, então trazer assuntos como esse favorece para que essa criança ou esse adolescente comece desde então a aprender assuntos significativos para a sua vida e à sociedade como um todo”, ressaltou.

Autor: Da redação com ascom/foto: ascom