Agentes de endemias de Caucaia participam de seminário inédito

222

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) promoveu nesta sexta-feira (15/12) o I Seminário Municipal de Endemias. Cerca de 150 agentes de endemias assistiram a palestras e tiveram acesso a uma sessão de coaching. A categoria trabalha diretamente nas ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e febre chikungunya.

“É o momento que esses profissionais têm a oportunidade de se atualizar. O agente trabalha porta a porta, casa a casa, e muitas vezes tem contato direto com o morador da zona rural, por exemplo, que não tem acesso à informação. Assim, ele vai estar bem munido para que possa, quem sabe, evitar inclusive os óbitos”, destacou o coordenador do Núcleo de Controle de Endemias e Zoonoses da SMS, Francisco Pires.

A iniciativa de capacitar os profissionais integra o plano de ações para o próximo ano, que já vem sendo elaborado pelo órgão. “O município já manifesta a preocupação de se contingenciar para 2018. E para que a gente possa ter ações voltadas para um controle bem efetivo é preciso que nossos agentes estejam bem informados. Para isso, trouxemos profissionais que pesquisam o combate em todo o mundo”, ressaltou o coordenador.

Reforçando o papel de multiplicador do agente, a enfermeira e doutoranda em Saúde Coletiva, Caroline Mary Florêncio, ministrou palestra para esclarecer dúvidas e desmistificar tabus que ainda cercam o assunto. “O importante é identificar os focos do mosquito, ver se as pessoas estão manifestando sintomas. O grande foco, além de evitar que o mosquito nasça, é tentar reduzir a cadeia de transmissão. Essa foi à ideia que passei para eles aqui.”

Autor: Da redação com Ascom/Foto: Rogério Ribeiro