“A relação com meu pai melhorou depois que eu me assumi”, diz filho do cantor Solimões.

83

Gabriel Felizardo, de 20 anos, conversou com QUEM sobre a repercussão das mensagens do pai nas redes sociais.

O sertanejo Solimões, da dupla com Rio Negro, virou assunto nas redes sociais e ganhou milhares de elogios por causa de suas mensagens carinhosas ao filho, Gabriel, que é, assumidamente, homossexual. No Instagram, o cantor faz questão de comentar todas as publicações do jovem de forma extremamente carinhosa.

“Deus abençoe vocês” é o texto mais usado pelo cantor. Em entrevista a QUEM, Gabriel falou sobre a relação com o pai e a repercussão das mensagens deixadas pelo sertanejo. O jovem, que mora em São Paulo onde estuda cinema, se assumiu aos 16 anos.

“Minha relação com meu pai é boa e ficou melhor depois que me assumi. Ele sempre disse que qualquer coisa que eu precisasse conversar com alguém, qualquer problema ou angústia, eu deveria falar primeiro com ele”, contou Gabriel. “Quando eu me assumi foi o que aconteceu. Ele foi a primeira pessoa da família com quem eu falei sobre, meus amigos já sabiam, já estava tudo bem, mas eu ainda tinha esse medo de me assumir pra família”.

Solimões mora em Franca, interior de São Paulo, enquanto o filho mora na capital. “Eu pensava que seria melhor falar pra ele, porque meu pai não mora comigo e qualquer problema eu não teria que encarar ele todos os dias (risos). Quando eu disse que sou gay ele ficou uns segundos pensativo, disse que já esperava isso e que estava tudo bem e só depois de uns dois meses que eu criei coragem pra falar lá dentro de casa pra minha mãe e minha irmã. Essa parte foi muito tranquila”.

Gabriel também falou que o pai até o protege de situações incômodas. “Uma coisa muito curiosa depois disso, foi que ele mesmo começou a falar sobre isso para algumas pessoas do nosso convívio. Tipo tios, tias, primos, justamente pra evitar aquelas conversas superchatas de gente vindo perguntar ‘e as namoradinhas?’ (risos). E sempre que alguém pergunta algo insinuando que eu ‘devo ter muitas namoradas’, ele já corta a pessoa. Inclusive, algumas até ficam surpresas com a naturalidade que ele fala sobre isso, ainda mais pelo público dele ser mais velho, da mesma geração que ele. Às vezes, nós temos uns desencontros de ideias, discutimos, mas a gente entende que temos realidades bem diferentes e respeitamos isso um no outro”.

RELAÇÃO COM O NAMORADO

A relação de Solimões com o namorado do filho, Well, também é exaltada por Gabriel. Os dois estão juntos há quase um ano. “Como eu não moro na mesma cidade que minha família, eles estão em Franca e eu em São Paulo, e meu namorado é daqui também, então ele não convive muito com minha família num geral. Mas a pessoa que ele mais vê é meu pai porque ele passa mais por São Paulo quando está fazendo shows, gravando coisas. Mas todas as vezes que eles se encontraram, foi normal. Quando meu namorado foi conhecer ele, ele ficou bem nervoso, mas foi superbem recebido. No último Natal, ele foi pra Franca comigo e conheceu toda a minha família”, contou o jovem.

REPERCUSSÃO

Solimões foi muito elogiado pelos internautas e Gabriel não esperava que as mensagens do pai fossem viralizar. “Estou feliz com essa visibilidade, é importante que as pessoas, principalmente pais que não aceitam seus filhos, vejam esse tipo de coisa, que é possível e extremamente necessário que a gente tenha apoio. É também um pouco assustador estarem enaltecendo algo que sempre foi muito comum na minha vida, algo que eu nunca imaginei que chamaria tanta atenção, mas acabou chamando por ser algo raro. E isso é muito triste, porque não deveria ser algo de se admirar, deveria ser a realidade de toda a comunidade LGBT. Mas reconheço que eu sou um em 100 gays que tem esse apoio e presença da família na vida”.

Autor: Da redação com ISABELA PACILIO/Foto: Reprodução/Instagram