66 produtores de Caucaia recebem certificação orgânica

62

A Prefeitura de Caucaia, por intermédio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS), entregou nesta sexta-feira (7/6) a certificação orgânica para 66 produtores rurais locais. A solenidade aconteceu na praça Fausto Sales, no Centro da Sede, durante mais uma edição da Feira da Agricultura Familiar.

Titular da SDS, Danielle Alexandre afirmou que “sabemos que nossa área rural é grande e muitas famílias sobrevivem da agricultura familiar. A certificação mostra a origem da produção e promove o acesso a produtos mais naturais com preço justo à população.”

A certificação orgânica garante a procedência de uma produção saudável e fortalece a economia local. “Agora, o produtor de Caucaia vai poder participar das feiras em todo o Estado”, enfatiza a secretária.

Durante a Feira da Agricultura Familiar, a quinta deste ano, foram expostos frutas, verduras, plantas, ervas medicinais, bolos, doces, artesanato e outros produtos. Todos produzidos por agricultores familiares de Caucaia.

Para o secretário Municipal de Agricultura, Pecuária e Pesca, Mauro Cézar Cordeiro Lima, o espaço é uma conquista dos produtores. “Sabemos que não é fácil, mas o produtor rural sai fortalecido.”

Cláudio Matoso, gerente local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce), destacou a parceria entre o Governo e a Prefeitura de Caucaia. “No Estado, temos 80 produtores certificados. Só temos a agradecer esta parceria. Agradecemos ao prefeito pela estrutura oferecida a SDS, que trabalha de forma organizada e profissional para que estas certificações aconteçam.”

Josefina Maria Lima da Silva, diretora de segurança alimentar e nutricional da SDS, ressalta as regiões produtoras e a qualidade dos alimentos que, além de oferecerem saúde para população, não prejudicam o meio ambiente. “Todas as regiões de Caucaia foram contempladas com a certificação, que geram produtos saudáveis na mesa do caucaiense: sem agrotóxicos e a preços justos.”

Liliane Bernardes produz há três anos doce caseiro, cocadas e biscoitos utilizando a produção de frutas da sua propriedade na região dos Matões. “Utilizamos a matéria prima colhida na própria comunidade. A certificação orgânica valoriza ainda mais o nosso trabalho.”

Autor: Da redação com ascom/Foto: ascom